Restauro do “Monumento a Garcia Lorca” pela Companhia de Restauro 

A situação da arte pública nos centros urbanos é um assunto que tem sido recorrente, desde em pequenos blogs até na grande mídia. A degradação de obras, a falta de manutenção das mesmas e até furtos são alguns dos indicadores de que há desinteresse da iniciativa privada em assumir uma postura mais ativa.

Contudo, Francisco Zorzete, arquiteto e diretor da Companhia de Restauro, recentemente fechou acordo com a Secretaria de Cultura, através do Programa Adote uma Obra Artística. Ele “adotou” o Monumento a Garcia Lorca e irá doar sua restauração.

Segundo ele, a restauração irá durar cerca de 4 meses. Agora é esperar esse tempinho para apreciar o resultado; hoje, o Monumento está bastante deteriorado pela ferrugem.

O Monumento a Federico Garcia Lorca, hoje instalado no Jardim América, tem uma longa história! Encomendada por exilados da Guerra Civil Espanhola, foi vítima de um atentado à bomba em 1969, sofreu com insultos na Bienal de 1971 e, até mesmo, foi seqüestrada por alunos da USP em 1979 – não só com o intuito de protesto como de restauração.  

As obras de artes são carregadas de valor histórico. Ora, preservá-las tange a muito mais que um mero capricho estético ou, até mesmo, que a valorização do patrimônio. É a manutenção da memória da cidade.

(Texto: Luna Rosa Lopes) (Fotos: Companhia de Restauro)