Updates from February, 2014 Toggle Comment Threads | Keyboard Shortcuts

  • MuBE Virtual 14:07 on 21/02/2014 Permalink | Reply
    Tags: apolo, bronze, , hamas   

    Hamas confisca estátua de Apolo 

    Perdida há séculos, uma estátua do deus grego Apolo reapareceu misteriosamente na Faixa de Gaza, mas logo foi apreendida pela polícia e sumiu. A notícia aguçou a imaginação de arqueólogos do mundo todo, mas ninguém sabe se o bronze de tamanho natural poderá ser exibido.

    Joudat Ghrab, um pescador local de 26 anos, diz ter retirado a imagem de 500 quilos do fundo do mar em agosto. Ghrab conta ter visto uma forma humana deitada em águas pouco profundas, a cerca de 100 metros da praia. No começo, achou que fosse um corpo queimado, mas quando mergulhou, viu que era uma estátua.

    Com a ajuda de parentes, ele levou quatro horas para levar o tesouro até a praia e arrastou o Apolo até sua casa em uma carroça puxada por um burro. Sua mãe “quase morreu de susto” ao ver o deus grego nu e exigiu que as partes íntimas fossem cobertas. Ghrab cortou um dos dedos e o levou a um especialista em metais, achando que poderia ser ouro. Sem que ele soubesse, um dos seus irmãos cortou outro dedo querendo pesquisar por conta própria.

    Pouco depois, membros da família que pertencem a uma milícia do Hamas tomaram a estátua e, em seguida, ela apareceu à venda no eBay por US$ 500 mil. O problema era a mensagem abaixo, que dizia que o comprador deveria buscar o Apolo em Gaza, que está isolada por um bloqueio israelense.

    Assim que a notícia se espalhou, autoridades do Hamas ordenaram o confisco do Apolo. Para a grande frustração dos arqueólogos, nenhum especialista analisou a imagem, que apareceu apenas em algumas fotografias mal feitas, enrolada em um cobertor dos Smurfs.

    Para Jean-Michel de Tarragon, historiador da Escola Arqueológica de Jerusalém, a estátua foi fundida entre os séculos 5.º e 1.º a.C. “Ela é única e não tem preço. Seria como tentar estabelecer o preço da Monalisa, do Louvre”, disse. Autoridades de Gaza disseram que a estátua não será mostrada ao público enquanto não for concluída uma investigação criminal para apurar quem tentou vendê-la. Museus do mundo inteiro já entraram em contato com funcionários do governo local para ajudar na restauração do Apolo.

    Fontes:

    “Hamas confisca estátua de Apolo”. Jornal O Estado de São Paulo, 12 de fevereiro de 2014. Página consultada em 21 de fevereiro de 2014.

     

     
  • MuBE Virtual 12:02 on 19/09/2011 Permalink | Reply  

    Mostra de Artes Figueiredo 

    Neste sábado (24/09), acontecerá a primeira mostra de Artes Figueiredo na galeria Sérgio Caribé (Vila Nova Conceição – São Paulo, SP), sendo Fernando Figueiredo o curador, e também idealizador do projeto “Artes Figueiredo”, que é uma empresa de divulgação de arte e artistas. Saiba um pouco mais sobre alguns dos escultores (as) que faram parte desta Mostra:

     

    Cláudia de Angelis: Nascida e criada em São Paulo, já trabalhou com quase todas as modalidades de artes plásticas. Todos os seus trabalhos atualmente são realizados em argila para posteriormente serem fundidos em bronze ou outros materiais, são peças étnicas, figuras humanas, autênticas, feitas sem o auxílio de modelos vivos ou fotos, um trabalho todo realizado com a imaginação.

     

     

     

     (Cláudia de Angelis – Ritinha, Bronze)

      

    Dominique Lecomte: Nasceu na França em 1949. Em 1973, visita o Brasil (Rio de Janeiro) onde resolve ficar e dedicar-se as artes plásticas (pintura). Apenas passou a viver da sua arte quando chegou no Brasil. Participou do centro de pesquisa de arte Ivan Serpa, entrou na União dos artistas de Santa Tereza e é sócio Remido da Associação Brasileira de artes visuais (RJ). 

     

     

    (Dominique Lecomte, À procura de uma identidade, Bronze)

      

     

     Israel Macedo: Artista natural de Mogi das Cruzes, surpreende colecionadores e críticos pela técnica e criatividade. Atualmente utiliza para acabamentos em suas peças bronze, latão, estanho, resina, pedra e outros materiais que vem incorporando às suas esculturas, buscando em cada uma o acabamento que melhor combina cores e formas com o tema da escultura. Seu trabalho impressiona pelo surrealismo e bom humor.

     

    (Israel Macedo, Abaporu, resina)

     

    (Texto: Tatiana Matteoni)(Fonte: Nova Saquarema e Arte Figueiredo )(Imagens: Arte Figueiredo)

     

     
  • MuBE Virtual 10:32 on 14/07/2011 Permalink | Reply
    Tags: avenida nove de julho, café, colhedor, lecy beltran,   

    O colhedor de café 

    Se o estado de São Paulo detém, hoje, o maior poderio econômico do país, deve muito disso à atividade cafeicultora. De início, a produção difundiu-se principalmente pelo Vale do Paraíba, até se alastrar por vários municípios. O ciclo do café, dentre outras repercussões, atraiu imigrantes e impulsionou a ampliação das vias férreas e portos.

    Há cerca de 11 anos atrás, a capital paulista ganhou uma estátua para representar o trabalhador das plantações e sua importância dentro desse contexto. Da autoria de Lecy Beltran, “O colhedor de café” está instalada na zona sul da cidade de São Paulo.

    O mais curioso e singular desta obra, contudo, reside nos dois pés de café que a ladeiam. Com a passagem do ano, é possível observar os grãos tomando corpo e vida, até atingirem o “ponto de cereja” – quando estão prontos para serem colhidos. Diversos transeuntes param não só para admirar, como também para degustar os frutos maduros.

    O bronze frio e escuro é  aquecido pelo vermelho-vivo dos frutos crescendo. A intensidade e contraste são acentuados pelo verde amistoso das folhagens.

    A arte de Lecy é cheia de impacto, o que faz parecer que a estátua é uma verdadeira fotografia do movimento. Em um olhar – rápido, súbito ou talvez longínquo – a impressão é de vislumbrar um colhedor de café em plena atividade, cercado de folhagens e prédios.

    Caso queira conferir de perto essa bela composição, basta ir até a Avenida Nove de Julho, zona sul da cidade.

    Texto: Luna Recaldes

    Imagens: Companhia de Restauro

     
  • MuBE Virtual 11:29 on 03/03/2011 Permalink | Reply  

    O risco é inevitável, a preservação é opcional 

    A equipe do MuBE Virtual está sempre antenada nos fatos que permeiam o mundo das esculturas e monumentos. Ficamos satisfeitos com algumas notícias recentes, pelo Brasil afora, relacionadas com a conservação e criação de políticas públicas para as obras. Uma delas é sobre a famosa estátua de Carlos Drummond de Andrade, localizada em Copacabana. Ela vinha sofrendo uma série de danos – principalmente, o óculos do homenageado, que foi danificado mais de 8 vezes e chegou a ser roubado. Algo a que a estátua está sujeita, sendo tão próxima do público que passa pelo calçadão da praia.

    Depois que a prefeitura instalou câmeras de vigilância ao seu redor, não há delitos cometidos há mais de um ano. As imagens gravadas são acompanhadas pela CET. Ao invés de tomar atitudes radicais (como isolar a escultura, apartando-as das pessoas), uma medida simples e eficaz foi tomada, permitindo que os habitantes e turistas da cidade continuem a interagir com Drummond, de maneira segura para o mesmo.

    A estátua de Drummond, além de estar em um banco público, também encontra-se em um ponto turístico por onde passa um grande fluxo de pessoas. Tudo isso a expõe a riscos maiores que uma escultura que está, por exemplo, em um pedestal de uma praça tranqüila. Contudo, ainda vem o questionamento: seria preciso instalar câmeras em todas as obras públicas para dar fim ao vandalismo?

    Em homenagem ao grande escritor, presenteamos o seu dia com um pequeno pensamento dele:

    “A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade.
    A dor é inevitável. O sofrimento é opcional.”

    (Texto: Luna Recaldes e Tatiana Matteoni) (Referência e Imagem: Jornal Floripa)

     
  • MuBE Virtual 15:31 on 16/02/2011 Permalink | Reply  

    De uma tradição a um monumento público 

    “Ricardo Cipicchia nasceu na Itália no ano de 1885. Ele foi um artista plástico que, em contato com a cultura brasileira, se tornou um apaixonado por ela, transmitindo essa sua paixão nas suas obras de arte. Durante os anos da década de 50, faz uma escultura representando A Pega do Porco, ou como é conhecida, o Porco Ensebado. A obra feita em bronze, no ano de 1952, ficava na Praça da República no centro de São Paulo, porém, 20 anos após sua inauguração, transferiram-na para o Parque do Ibirapuera, onde permanece até hoje na entrada do portão 6 pela Avenida do IV Centenário.”

     

    Confira a ficha completa da obra no MuBE Virtual

    “A pega do leitão é uma brincadeira típica do interior paulista. O jogo consiste em pegar o animal, anteriormente, lambuzado pelo sebo. O prêmio variava desde quantidades de dinheiro até o próprio porco capturado. Tombos, escorregões, gritos e a lama geravam uma grande festa e garantiam a farra da molecada. Essa é a beleza e o encanto da obra: a simplicidade e a alegria das crianças atrás do porco arredio que tenta, mesmo agarrado, fugir daquelas mãos que o agarram. O bronze dá um efeito legal, dando a impressão de ser o barro no qual os dois meninos estão para poderem apanhar o porco.”

    (Por: Luna Recaldes e Tatiana Matteoni) (Imagem: acervo próprio) (Fonte: site de Jornalismo da  Universidade Presbiteriana Mackenzie)

     
  • MuBE Virtual 20:33 on 09/09/2010 Permalink | Reply  

    “Retrato do Povo Acreano” 

    Andando pelas ruas de Rio Branco, acreanos trombam com seus conterrâneos e turistas com os transeuntes. Grande movimentação na capital. Misturados ao calor do povo, há algumas pessoas que permanecem estáticas:

    O monumento é de autoria de Christina Motta, e  foi uma iniciativa do governador Jorge Viana para retratar os homens e mulheres que lutaram para constituir o estado do Acre, através de sua força de trabalho e amor por sua terra.

    Há belas esculturas como essas espalhadas por todo o país. O MuBE Virtual tem o objetivo de unir a todas em um único site colaborativo,  o qual será lançado em breve, valorizando assim o nosso grande patrimônio cultural e permitindo que principalmente os municípios mais longínquos sejam alcançados.

    Fique atento às novidades!

    (Texto: Luna Rosa Lopes e Tatiana Matteoni) (Imagem: Fernando Burgos)

     
  • MuBE Virtual 13:13 on 01/07/2010 Permalink | Reply  

    escultura do michael no morro santa marta 

    em homenagem a 1 ano da morte de michael jackson, uma estátua de bronze, feita pelo cartunista ike, foi inaugurada no morro santa marta, no rio de janeiro/rj. foi lá que o astro pop fez um de seus videoclips na década de 90. o local onde ficará a escultura foi chamado de “lage do michael”.

    de acordo com uma das moradoras: “tenho certeza que isso vai ser um motivo a mais para os gringos conhecerem a favela”.

    matéria completa no g1.

     
  • MuBE Virtual 15:05 on 15/06/2010 Permalink | Reply  

    drummond na copa 

    a estátua do carlos drummond de andrade que fica na praia de copacabana/rj, recebeu hoje adornos especiais para a copa do mundo!

    a ação na escultura foi promovida pela editora record, para o lançamento do livro que está no colo de drummond. uma das frases do livro estampa a camiseta: “futebol se joga no estádio? futebol de joga na praia, futebol se joga na rua, futebol se joga na alma.”

    para garantir a segurança “da” escultura, a editora contratou um segurança para ficar vigiando a obra e seus adereços. matéria completa no g1.

    texto: tatiana travisani

    fotos: G1

     
  • MuBE Virtual 20:20 on 14/06/2010 Permalink | Reply  

    escritores em BH 

    fernando sabino, otto lara rezende, paulo mendes campos e hélio pellegrino juntos em escultura que fica em frente à biblioteca pública de bh/mg. a obra se chama “encontro marcado”, se parece bastante com aquelas do rj, como a do zózimo, não é?!

    texto e fotos: tatiana travisani

     
  • MuBE Virtual 19:01 on 01/02/2010 Permalink | Reply  

    duas esculturas em santos/sp 

    escultura histórica, localizada na praça barão do rio branco. representa a família guinle que construiu o porto de santos. foi inaugurada em 1934.

    foto: tatiana travisani

    escultura criada por tomie othake presenteando a cidade de santos na comemoração dos 100 anos da imigração japonesa (2008). foi feita em chapas de aço e está no emissário submarino, local escolhido pela própria artista pois a escultura deveria estar apontada para o mar, de onde os imigrantes chegaram.

    texto e fotos: tatiana travisani

     
c
compose new post
j
next post/next comment
k
previous post/previous comment
r
reply
e
edit
o
show/hide comments
t
go to top
l
go to login
h
show/hide help
esc
cancel