Brasil terá obra de Kapoor 

“A madman’s dream” (o sonho de um homem louco)”. Foi assim que Anish Kapoor, um dos mais cobiçados artistas da atualidade, definiu, ontem, em conversa com a coluna, o museu a céu aberto que é Inhotim. Bem-humorado e simpático, ponderou jamais ter visto nada parecido no mundo inteiro. “A natureza se integra com as obras de maneira inspiradora. Comparo Bernardo Paz a Fitzcarraldo e sua luta na selva”, observou, referindo-se ao famoso filme de Warner Herzog, dos anos 80, sobre a vida desbravadora e infernal do empresário Brian Sweeney Fitzgeral no final do século 19 – que sonhava erguer um teatro de ópera na Amazônia Peruana.

Pela primeira vez no Brasil, o escultor indiano veio só para conhecer o projeto, em Brumadinho. E definir a instalação que montará por lá. Para tanto, reuniu-se, ontem mesmo, com curadores do museu.

Habituado a criar obras gigantescas – que podem custar até US$ 23 milhões só para ficarem de pé, como a que fez para Chicago -, Kapoor avisa: nada cobrará pelo trabalho a ser instalado em Inhotim.

O artista Anish Kapoor e uma de suas mais famosas criações, " Cloud Gate", instalada em Chicago

O artista Anish Kapoor e uma de suas mais famosas criações, " Cloud Gate", instalada em Chicago

(Fonte: coluna Direto da Fonte do Caderno2, O Estado de S. Paulo. Publicado em 27 de janeiro de 2012 / Imagens: artisnotdead.blogspot.com e parsareport.blogspot.com)