Intervenção em monumento desagrada russos

Um artista anônimo causou polêmica ao transformar as sérias estátuas do Monumento ao Soldado Soviético, em Sofia, na Bulgária, em uma crítica a ícones pop.

As esculturas, que representavam soldados da antiga URSS, foram pintadas com roupas de Super-Homem, Coringa, Papai Noel e até Ronald McDonald. O grafiteiro brincalhão também pintou a bandeira da União Soviética com as cores norte-americanas.

Além disso, uma inscrição feita pelo artista na base do monumento comunista diz: “Andando com o tempo”.

Essa intervenção causou a ira dos russos, que se sentiram ofendidos e pediram a prisão do responsável pelo que consideram vandalismo.

Se encontrado pela polícia búlgara, o grafiteiro será obrigado a pagar uma multa e limpar com as próprias mãos as esculturas de bronze, ou arcar com os custos para sua restauração.

(Texto: Katia Kreutz) (Imagem: Agência Efe)