Monumentos em extinção

Alertas de descaso com o patrimônio público surgem de todas as partes do país; alguns deles podem ser acompanhados aqui no blog.

Eventualmente, algum cidadão se mobiliza e promove ações que atraem a atenção da mídia e, como tal, provocam questionamentos acerca de medidas do governo.  Esse é o caso do fotógrafo Cláudio Fagundes, morador da Ilha no Rio de Janeiro. Durante a montagem de um livro fotográfico com as belezas da região, a depredação dos monumentos ficou ainda mais evidente para ele.

Cláudio, em matéria ao Jornal “Ilha Notícias”, relatou inclusive a falta de placas com informações – o que é, em vários aspectos, negativo para as obras. Destitui o seu valor histórico, o valor dos artistas que as criaram e a sua relação com a história da cidade.

“Monumentos históricos e pontos de referência estão abandonados” foi a manchete da edição de março do jornal. Confira a matéria completa clicando aqui.

Acima, a “Pedra da Onça” e o “Leão da Praia do Zumbi”: os mesmos animais “em extinção” da charge.

(Texto: Luna Recaldes/Imagens e charge: Jornal Ilha Notícias)